Gruta do Lago Azul

Gruta do Lago Azul

CONHEÇA UM POUCO DA HISTÓRIA E ALGUNS DO SEGREDOS
QUE A GRUTA DO LAGO AZUL GUARDA ATRAVÉS DE MILHÕES DE ANOS.

   Localizada em Bonito, Mato Grosso do Sul, a caverna possui em seu interior um lago subterrâneo que adquire a cor azul intensa sob incidência dos raios solares. Descoberta em 1924 por um índio Terena a Gruta do Lago Azul é uma das mais importantes cavernas do patrimônio espeleológico nacional e um dos mais importantes atrativos naturais de Mato Grosso do Sul. O excepcional valor paisagístico, foi motivo para seu tombamento pelo IPHAN(Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).
Além da inusitada paisagem subterrânea, a caverna apresenta concentração de fósseis de mamíferos pleistocênicos e conjunto de minerais raros, na forma de frágeis aglomerados, também local da presença de crustáceos endêmicos que habitam o lago subterrâneo. Em função de ser uma caverna com grande abertura para o exterior, possibilita iluminação natural, o que proporciona atividade turística de baixo impacto ambiental, a qual pode ser ainda mais aprimorada com a definitiva implantação do Monumento Natural Gruta do Lago Azul.

   Em 1990 foi descoberto e descrito o crustáceo Potiicoara brasiliensis, a primeira espécie endêmica de cavernas da Serra da Bodoquena.  Os mergulhos de exploração começaram a ser realizados em 1992 com a Expedição Franco-Brasileira de espeleomergulhadores, que encontraram uma série de fósseis de mamíferos que viveram durante o período geológico do Pleistoceno. Após essas descobertas, o acesso ao lago ficou restrito.
Em 2015 uma nova Expedição foi realizada na Gruta do Lago Azul, envolvendo uma equipe de mergulhadores, fotógrafos, cinegrafistas, jornalistas e pesquisadores. Os mergulhos de exploração realizados até o momento chegaram há uma profundidade de 96 metros. A captação de imagens videográficas e fotográficas da porção subaquática da Gruta do Lago Azul são essenciais para interpretação das realidades paleontológicas, geológicas, biológicas entre outras.  A produção do material ajudará a promover o turismo na região de forma preservacionista sendo uma ferramenta fundamental ao apoio de trabalho científicos além de atrair investimentos para região.

A origem

A origem

Uma hipótese formulada para origem da Gruta do Lago Azul

A história geológica registrada na Gruta do Lago Azul tem que ser dividida em dois estágios, o primeiro relativo à origem das rochas onde a caverna vem se formando e o segundo relativo à formação da própria caverna e do relevo associado.
A Gruta do Lago Azul desenvolve-se em dolomitos da Formação Bocaina do Grupo Corumbá, rochas que apresentam a característica de serem solúveis sob a ação das águas ácidas, proporcionando o desenvolvimento de paisagem cárstica da região. Os carbonatos do Grupo Corumbá formaram-se no Neoproterozóico, provavelmente entre 580 e 540 milhões de anos atrás, após um período sob o qual o planeta encontrava-se sob uma glaciação que se supõe ter sido muito intensa, com a possibilidade de a Terra ter ficado totalmente coberta pelo gelo (Hipótese da Terra Bola de Neve, ou Snowball Earth Hypothesis – Hoffann & Schrag, 2002). O registro desta glaciação é encontrado na região, na forma de conglomerados da Formação Puga.

Após a glaciação ter-se-ia aberto um oceano através da separação de massas continentais, antes aglutinadas na forma do supercontinente Rodínia.
Nesse oceano ocorriam apenas formas primitivas de vida, na sua maioria microbianas, que proporcionaram intensa sedimentação carbonática do Grupo Corumbá. Ao final da sedimentação dos carbonatos, antes da transição do Pré-Cambriano com o Fanerozóico, teriam surgido as primeiras formas de vida animal na forma dos fósseis Cloudina e Corumbella (Hahnet al., 1982; Zaine & Fairchild, 1985), encontrados em Corumbá(MS). Por volta de 520-530 milhões de anos atrás, as massas continentais, antes separadas, passaram-se a se aproximar e os sedimentos anteriormente depositados foram intensamente dobrados e onde era um oceano se formou-se elevada cadeia de montanhas (Faixa de Dobramentos Paraguai) com as rochas carbonáticas ficando expostas e sujeitas à erosão até os tempos atuais.
Inicia-se assim o segundo capítulo da história geológica do sítio, relacionado ao esculpimento do atual relevo e evolução da fauna e flora e, de uma forma geral, da atual paisagem que caracteriza a região, o qual teria se iniciado por volta de 60 milhões de anos atrás, no início da Era Cenozóica, sem que seja possível definir com precisão quando teria dado início a formação da Gruta do Lago Azul, juntamente com as demais cavernas da região, as quais, por sua vez, continuam ainda em processo de formação.

Mega Fauna

Mega Fauna

Em 1992 alguns fósseis de animais foram descobertos no interior do lago, através da expedição Franco-Brasileira de Espeleomergulhadores. Foram realizados mergulhos de exploração onde foram encontrados uma série de fósseis de mamíferos como o Tigre dente de sabre(Smilodon populator) e a Preguiça gigante(Megatherium) que viveram durante o período geológico do Pleistoceno – 6.000 a 15.000 anos atrás.

Smilodon Populator

O tigre Dentes de Sabre Sul Americano(Smilodon populator) cujo nome faz referência aos enormes dentes de 28cm. Viveu há aproximadamente 10 a 15 mil anos atrás durante o Pleistoceno na América do Sul. Essa espécie era a maior espécie do gênero Smilodon e um dos maiores felinos que já existiu, chegava a medir 1.20 de altura por 2.10 de comprimento e pesava até 360 kg. Originou-se possivelmente do Smilodon gracilis, que migrou para a América do Sul há 1,2 milhões de anos atrás, a partir da adaptações para caçar animais de grande porte.

Apesar do nome populator de Tigre dente de sabre, os smilodons não são parentes próximos dos tigres atuais, se separando da linhagem dos atuais felinos a cerca de 16 milhões de anos atrás. Possuía os incisivos projetados para frente, permitindo-lhes morder suas presas sem lesionar os seus enormes caninos, proporcionando assim uma face mais comprida do que os outros modernos.
Há evidências de que os Smilodons tivessem um comportamento de grupo, semelhante ao dos leões atuais, vistos que foram encontrados fósseis que apresentavam fraturas regeneradas que impossibilitaram o animal de caçar, evidenciando que o bando teria auxiliado o animal impossibilitado de caçar. Possuía um rabo curto, pernas fortes, um corpo e pescoço robusto e longos caninos, sendo comparáveis com os ursos atuais. Eram carnívoros poderosos, que atacavam suas presas através de emboscadas, agarrando as mesmas na região próxima do pescoço e as derrubando ao chão utilizando-se de sua força e peso. Em seguida desferiam o golpe final utilizando seus enormes caninos que rasgavam a garganta da presa, levando-a a morte rápida. Essas qualidades os tornavam capaz de abater presas como: Mamutes, Mastodontes, Preguiças gigantes, Bisões, Camelos, Cavalos entre outros.

Megatherium

O Megatherium cujo nome significa “Besta Gigante” era uma preguiça gigantesca que viveu durante o Pleistoceno ha aprocimadamente 15 mil anos atrás na América do Sul e do Norte, era do tamanho de um elefante e comia folhas como tal em enormes quantidades. Passava o dia todo comendo folhas de árvores e arbustos, utilizando sua língua comprida para obtê-las e manejando os galhos com suas garras que eram grandes e fortes. Apesar de enormes os Megatheriuns eram criaturas pacíficas e muitos predadores pleistocênicos deviam atacá-los pela enorme quantidade de carne que elas podiam fornecer e por não serem velozes evitando desperdício de energia na perseguição, mas com certeza elas podiam se defender muito bem no combate corpo a corpo, pois eram muito fortes uma patada de um Megatherium deveriam fazer um estrago.

Dúvidas Frequentes

Dúvidas Frequentes

Quanto Custa Ir na Gruta do Lago Azul?

Para o Passeio na Gruta do Lago Azul o valor em baixa temporada é de R$ 60,00 por Pessoa e em Alta Temporada R$ 85,00 por pessoa ( Não inclui Transporte).

Qual a Profundidade da Gruta?

Os mergulhos de exploração realizados até o momento chegaram há uma profundidade de 96 metros. Mas a gruta fica a cerca de 200m (mais ou menos 300 degraus) da superfície.

Somente é permitido mergulho para pesquisas. Tem interesse em mergulhar em outros lugares ? Nossa equipe pode te ajudar clique aqui e saiba mais.

Onde Comprar Ingressos Para a Gruta do Lago Azul?

Os ingressos devem ser comprados na Agência Ygarapé neste Link > Gruta do Lago Azul

Como Chegar na Gruta?

Localizada a 20km do centro de Bonito, é preciso reservar com antecedência pois a Gruta do Lago Azul, possui limite diário para visitação.

Compre diretamente Aqui > Passeio Gruta do Lago Azul < ou fale diretamente com nossos agentes para te ajudar.

O Que Levar Para a Gruta?

  • Levar protetor, repelente, água e câmara
  • Recomenda-se tomar um bom café da manhã
  • Uso OBRIGATÓRIO DE TÊNIS
Contato

Contato

Solicite informações e disponibilidade de vaga.

logo_white_

lagarto_scuba
1
Olá, Podemos ajudar?
Powered by